esKapedelas:
De soslayo a 14 de Outubro de 2006 às 05:07
EsKape, também tenho imensas saudades desse tempo em que ia às compras com minha mãe e íamos ao barzinho do lado tomar uma cervejinha preta misturada com laranjada. Que beleza e refrescante que era! Nesse tempo havia ainda quem fiásse, agora os supermercado é tudo em cash. No Funchal parece-me que existem ainda uma ou duas, as restantes desapareceram. Enfim outros tempos... Um abraço.


De Gemini a 15 de Outubro de 2006 às 11:44
Há tanta coisa boa que já não existe; que se foi apagando com o tempo: preço a pagar por outras vantagens que possuímos actualmente. É pena, pois mesmo eu que não conheci muitas dessas vantagens do passado, me interrogo se valeu a pena ganhar o que temos para perder esses sentimentos, mentalidades, enfim, modos de vida.
Como tantas coisas más do passado foram corrigidas também entretanto, eu apenas tento acompanhar os tempos e fico agradecido por não ter de decidir o que ganhar e perder. Faço o meu melhor...


De margarida a 15 de Outubro de 2006 às 19:08
Eu também sou do tempo :):) em que ia ao sábado com a minha mãe "aviar-se" para a semana toda. depois o senhor Zé era assim que se chama-va o merceeiro dáva-me uma tablete de chocolate com que eu me deliciava e no final da tarde vinha entregar as compras que a minha mãe tinha feito. Ainda me lembro tão bem como se fosse hoje. Velhos tempos em que eu estava sempre á espera do sábado para ir ás compras com a minha mãe. (infelizmente já falecida)


De quimico a 16 de Outubro de 2006 às 12:10
Eu aindo faço umas visitas a mercearias!na finha familia também reinou e continua a reinar a tradiçao de merceeiros! mas é como dizes, os hipermercados obrigam estes pequenos estabelecimentos a fazer um grande esforço para se manterem fieis ao bom mercado tradicional!
abraço


De vinte e dois a 17 de Outubro de 2006 às 03:12
Eu lembro-me tão bem, quando era pequeno de ir à loja que ficava na terra dos meus pais comprar rebuçados à unidade! E o senhor da loja embrulhava-os naquelas folhas de papel castanho. 20 escudos davam para um cartucho cheio :)


De Nadia Vares a 17 de Outubro de 2006 às 19:19
Eu na sou desse tempo, mas penso que nesse tempo as tradiçoes nao s alteravam e as mercearias eram muito melhores :) ta certo nao havia tantas condiçoes como agora...
beijos e fica bem :)


De Cristina a 18 de Outubro de 2006 às 12:15
Belos tempos que já não voltam...Adorava ir ás mercearias com a minha mãe :)
beijinhu


esKape aKi