Quarta-feira, 29 de Novembro de 2006

Caminhadas.

Hoje vou vos falar de algo que agora está muito em moda:

- As caminhadas a pé.

De facto basta sair à rua, especialmente ao fim da tarde, para encontrarmos caminhantes por tudo quanto é canto nesta cidade, sobretudo nas artérias mais ou menos planas.
As promenades por exemplo, são locais de eleição.
Foi para a promenade entre o Lido e a Ponta Gorda, que o Eskape deciciu ir num destes dias. Entre os vários grupos que se encontra há um que desperta mais a atenção.
Falo dos grupos familiares, aos quais vai sempre associado o animal de estimação, neste caso o cão. Como o animal precisa de urinar e defecar, melhor que seja na rua que em casa porque aí é preciso limpar.
É juntar o util ao agradável.

Eskape, decidiu acompanhar o grupo à distância.
A marcha era lenta e ideal para um final de tarde, após um dia de trabalho.
As crianças iam felizes, saltidando, indo lá a frente e depois juntado-se novamente aos pais. O cão estava encantado da vida. Sempre confinado a um quintal (ou varanda de apartamento) todo aquele espaço era sempre bem-vindo.
O homem ia com ar miserável. Parecia estar a pensar no sofá lá de casa e o quanto seria bom lá estar de cervejinha na mão, vendo quiça o jogo da bola que aquela hora estava a dar. Deixava-se ficar um pouco para tras e olhava a mulher, que de calças e camisola de lycra bem justas, batom vermelho vivo e, a cara cheia de base já transpirada, caminhava com a convicção de que a celulite e demais afins tinham os dias contados.
Olhava-a e pensava - “Se ao menos isto servisse para ficares como a gaja que tenho lá no escritorio”.
“Não!”- parecia concluir o pobre homem.
“ Nem daqui a 500 km de marcha aquilo vai ao sítio”.
Encolhia os ombros e lá seguia conformado com a sua triste sorte.
A passada aumenta um pouco.
Nota-se o esforço evidente na face dos adultos.
É tempo de intervalo, porque isto de exercício não pode ser tudo de uma vez, e Roma não foi feita num dia.


Brincadeiras à parte, Eskape louva o esforço desta gente que se preocupa com a sua saúde.

EsKape relembra: Mexa-se pela saúde.


publicado por Eskape às 22:40
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (7)
Segunda-feira, 20 de Novembro de 2006

Director Desportivo

Um clube desportivo entendeu que estava no momento de mudar de estilo e gestão, pelo que a nova Direcção contratou um Director Geral.
Este veio determinado a agitar todo o clube, tornando-o mais competitivo e com melhores resultados quer desportivos quer financeiros.
No primeiro dia o Director, acompanhado com os elementos da Direcção, fez uma visita às instalações desportivas, onde estavam todos a trabalhar menos um jovem que estava encostado à vedação do campo, com as mãos dentro dos bolsos.
Vendo uma boa oportunidade de demonstrar a sua filosofia, o novo Director perguntou ao jovem.
- Quanto ganhas por mês?
- 350 Euros, senhor. Porquê?
Pergunta o jovem sem saber o porquê.
O Director tirou da carteira os 350 euros e deu ao jovem, dizendo:
- Aqui está seu ordenado do mês. Agora desapareça e não volte mais. Aqui não queremos mais pessoas como você. Aqui é para trabalhar e não para estar com as mãos dentro dos bolsos.
O jovem guardou o dinheiro e saiu conforme as ordens recebidas.
O Director então, enchendo o peito perguntou a um grupo de trabalhadores.
- Algum de vocês sabe o que fazia este jovem aqui?
- Sim senhor Director.
Responderam atónitos os trabalhadores.

Veio entregar pizzas.

Existem pessoas que desejam tanto mandar, que se esquecem de pensar.


publicado por Eskape às 12:20
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (6)
Domingo, 12 de Novembro de 2006

Dalai Lama

Perguntaram a Dalai Lama...

"O que mais lhe surpreende na Humanidade?"

E Ele respondeu:

Os homens...

"Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.

E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro.

E vivem como se nunca fossem morrer....e morrem como se nunca tivessem vivido"


publicado por Eskape às 20:45
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (7)
Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Tou triste

Nestes últimos dias tenho andado assim.
A eskapadela de sábado correu mal.
Como previsto a saída deu-se pelas 16h e, poucos minutos depois o azar bateu-nos à porta.
Ainda com poucos kilometros percorridos, ao entrar numa curva, um nosso amigo, que por sinal ia à frente do grupo, caiu e, claro que se magoou, não com muita gravidade, mas o passeio ficou logo estragado.
O que há partida seria uma tarde de convívio e boa disposição, passou a ser uma tarde triste, com ambulância, reboque e, visitas ao hospital.
Felizmente após avaliado pelos médicos, teve alta e, agora é esperar que as marcas do alcatrão gravadas no corpo sarem, as dores abrandem e, a vida continua.


Rápidas melhoras para ti, Amigo Paulo.


EsKape


publicado por Eskape às 19:20
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (8)
Sábado, 4 de Novembro de 2006

Bom fim de semana

Este fim-de-semana temos encontro marcado.

Saída às 16h da sede do EsKape.

Destino: Serra de Água  - ponchinha e petiscos (com moderação)

Cuidados com os excessos.

Aparece e serve-te à vontade.

 

EsKape

 

 


publicado por Eskape às 10:55
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (2)
Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

Alberto João ao seu estilo

Alberto João Jardim foi o convidado de Judite de Sousa ao programa televisivo “Grande Reportagem”, centrando-se quase na totalidade em torno da discussão da lei das Finanças Regionais.
Após algumas recusas em falar aos jornalistas, sobre a suspensão das transferências do Orçamento de Estado para a Região Autónoma da Madeira, Alberto João tentou justificar o porquê do mau estar actual com o Primeiro-ministro e, com o ministro das finanças, levando inclusive a pedir já por várias vezes a demissão de ambos.
Alberto João, ao seu jeito, quase não deixando a jornalista conduzir a entrevista, por várias vezes fez referencia aos números comparativos entre o “PIB” Regional e Nacional.
Diz que concorda com os sacrifícios pedidos aos Portugueses, mas não a meio duma legislatura, porque tem um programa a cumprir.
É solidário com o que disse o Vice-presidente do PSD - Madeira na Assembleia Regional, sobre os novos fantasmas que poderão ressurgir de novo, fazendo referencia à FLAMA.
Para terminar e em jeito de brincadeira, oferece asilo politico a Judite de Sousa na Madeira, caso sinta-se perseguida, por o ter como seu entrevistado.

 

EsKape



publicado por Eskape às 22:33
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (4)

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30



html tracker

.recentes

. Os Navegadores

. Maritimooooooooooooooooo

. IV Duatlo do Funchal

. Eleições no Madeira Squas...

. Meia maratona de Lisboa

. Motards Eskape com delega...

. Pedalar em Segurança

. Rescaldo da São Silvestre

. LI São Silvestre do Funch...

. Convívios Natalícios

.depósito

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.links

blogs SAPO