Segunda-feira, 29 de Maio de 2006

Prazeres com Prazer

Este fim de semana EsKape deu uma EsKapadela até Ponta de Pargo.

A caminho paragem obrigatória nos Prazeres, na sede do Clube Desportivo local, onde estavam uns amigos em convívio.

Claro que, como documentam as fotos, (podem ser vistas em  http://eskapefotos.blogs.sapo.pt)  alguns elementos não se fizeram rogados e atacaram o polvo, gentilmente oferecido pelo M.Vieira , que ao ver que o apetite era tanto, ainda foi preparar uma espetada..blogs.sapo.pt

O regresso foi mais lento, pois a barriguinha estava atestada.

 

 

EsKape

 

 


publicado por Eskape às 15:24
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (5)
Sexta-feira, 26 de Maio de 2006

PSP provoca acidente de viação

A foto nem precisava de legenda, mas para aqueles que não conhecem a zona eu passo a explicar.

Campo da Barca.

Três faixas de rodagem, com três viaturas paradas no semáforo.

A viatura da PSP que já vem contra a seta, descida na Ribeira João Gomes, vira à esquerda, de novo contra a seta, querendo entrar na faixa do meio onde está uma viatura parada.


Conclusão: acidente.


O código de estrada é igual para todos.

Apesar de assinalarem marcha de urgência, devem tomar as devidas precauções.

 

 

EsKape


publicado por Eskape às 13:56
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (5)
Terça-feira, 23 de Maio de 2006

As ratoeiras da via rápida

Num programa televisivo regional, um comissário da PSP disse que a maioria dos acidentes ocorridos na via rápida - cota 200, dão-se no troço entre a Boa Nova e São Martinho, saídas e entradas para a cidade, quase culpando os condutores para a falta de cuidado e atenção, uma vez que nessa zona os automobilistas estão a circular à media de 100 km/h e preparam-se para entrar numa zona onde se circula a 30 km/h, ou vice-versa.


Ate aqui tudo bem, para quem não conhece a dita via rápida.


O que se passa é que a cota 200 não tem zona de aceleração nas entradas, e de redução suave nas saídas.
Veja-se o caso das bombas de gasolina na zona da Boa Nova.
Porque será que estão embargadas?
Onde estão as zonas de escapatórias?

Veja-se a saída para o hospital. Pela esquerda. Caso raríssimo nas ditas vias rápidas.
Vamos nós a circular na faixa da direita, temos de passar para a faixa da esquerda, por sinal uma faixa onde se deve circular mais depressa, para depois reduzir e sair da mesma pela esquerda.


Será que não há erro de construção?


Conduzir neste labirinto não é fácil.




EsKape



publicado por Eskape às 12:16
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (4)
Domingo, 21 de Maio de 2006

30 dias de Blog

30 dias após o inicio do blog Eskape , e apesar de 30 dias ser tão pouco tempo, dalgumas correcções e ajustes, julgo que normais para quem pela primeira vez participa num blog, registo com agrado as visitas e o impacto que teve entre o grupo EsKape , levando até a alguns comentários quando nos encontramos.
Fico contente pelo apoio dos meus amigos que duma maneira ou doutra colaboram, participam e acompanham-me quase sempre nas EsKapadelas .
Apesar do que coloco no blog não ser nada de transcendente, julgo eu, vou escrevendo sobre as eskapadelas , alegrias, tristezas, prazeres (os que podem ser divulgadas).
É verdade que o blog EsKape não é muito divulgado, mas também não é o principal objectivo.
Claro que as visitas e comentários são importantes e estimulantes, mas no meu caso é mais pelo prazer e alegria.

É viciante.


Eskape por cá, esperando que vocês estejam sempre por ai.

 

 

EsKape


publicado por Eskape às 23:23
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (8)

Passeio nocturno

Sexta, 19 de Maio.
Fim de tarde inicio de noite.
A ideia inicial era ir até São Roque do Faial, mas a noite prometia e o tempo ajudava.
Após o jantar no Faial, espetada e pão de casa, seguimos passeio pela noite dentro.
Descemos ao Porto da Cruz, para o café, e de seguida subimos à Portela, Santo da Serra e Poiso, como se imponha para a célebre poncha.
Marcante a subida das 4 estradas, onde não se encontrou viva alma. Escuro que nem breu, com nevoeiro à mistura.

Baptismo EsKape em passeios nocturnos.

A repetir. 

 

 

EsKape



publicado por Eskape às 22:53
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (2)

Casa do Comandante

O encontro com o interior da Ilha.

Casa do Comandante. São Roque do Faial.

É um caso de sucesso e de boa recuperação dos nossos moinhos e palheiros, não estragando nem alterando a paisagem, estando agora ao dispor como casa de turismo de habitação rural.

Quatro quartos, sala, cozinha, forno, sauna e uma paisagem deslumbrante.  Estão reunidas as condições para um grande fim de semana. 

 

 

EsKape


publicado por Eskape às 22:06
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (1)
Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Convocatoria de Scolari

Luis Filipe Scolari divulgou a lista dos 23 convocados para o mundial de futebol na Alemanha.

Ricardo Quaresma não foi convocado para os AA , mas sim para os Sub.21.

As opiniões dividem-se.

A maioria dos dirigentes desportivos e órgãos de comunicação social questionam.

Então o melhor jogador português, a jogar em Portugal não foi convocado, e convocou-se alguns jogadores pouco utilizados nos seus clubes?

Eu questiono.

Será que Quaresma não é mais importante nos Sub.21 que nos AA ?

Será que não é preferível Quaresma a titular dos Sub.21 do que a suplente dos AA ?

Será que já pararam para pensar quem são os jogadores convocados para jogarem na posição onde Quaresma gosta de jogar? Algum deles tinha de ficar de fora.

Já é tempo dos clubes e comunicação social perceberem, que as convocatórias deixaram de ser a gosto dos mesmos, mas sim  pelo seleccionador .

O seleccionador como o nome indica, selecciona , escolhe, e os treinadores dos clubes treinam.

É obvio que se Portugal tiver boas prestações o seleccionar é o maior, se não tiver os maiores serão os não convocados. Faz parte do futebol.

PS: já ninguém fala na não convocatória de Victor Baia.

 

 

EsKape

 


publicado por Eskape às 11:52
link do post | esKape aKi
Sábado, 13 de Maio de 2006

A nossa Câmara

A Câmara Municipal do Funchal põe a hipótese de contratar, pedir pareceres, ajuda a empresas continentais para estudarem e opinarem sobre o problema do trânsito na nossa cidade.  

 

Não tendo nada contra as ditas empresas, mas pergunto.  

Será que por cá não há empresas capazes?

 

Será que desta vez, e a exemplo doutras cidades, está a Câmara finalmente a pensar em criar uma ciclo via?

Será que as empresas continentais têm conhecimento do sucesso que é nos Domingos de verão quando a faixa sul da Avenida do Mar é encerrada ao trânsito automóvel, que os cidadãos aproveitam o raro momento para o seu jogging, para andar de bicicleta, os mais novos de triciclo?

Será que a Câmara ainda não percebeu, ou viu, que os cidadãos cada vez mais vão fazer as suas caminhadas na avenida? 

 

É evidente que não podemos fechar todas as ruas da cidade ao trânsito automóvel, até porque levaria à desertificação e ao caos no comércio tradicional.  

Mas não deve a Câmara deixar passar mais uma oportunidade de pensar numa cidade virada para os cidadãos.

EsKape

 

 

publicado por Eskape às 01:29
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (2)

Mel de Cana

Os tempos áureos da produção e comércio do açúcar na ilha da Madeira tiveram lugar entre os séculos XV e XVI.

Na altura, existiam cerca de 33 engenhos, alguns deles de reduzidas dimensões.

Hoje em dia ainda existem três engenhos.

Há que consumir mel, pelo seu bem e da sua família, pois é o verdadeiro alimento integral da cana-de-açúcar e, dentro da dietética moderna é muito superior aos finos açúcares refinados de primeira qualidade.

O consumo de carbohidratos refinados é o maior pecado que se comete hoje contra a saúde, não há nada mais destruidor para o organismo que o açúcar branco, refinado.

A matéria-prima é sempre a mesma.

O transporte é que é outro.

Outros tempos.

Outra época.

EsKape


publicado por Eskape às 01:16
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (1)

Acreditar até ao fim

Hoje estou feliz.

Hoje assisti a um jogo de Squash entre J.Gonçalves / J.P.Ferreira  , onde contra todas as expectativas, o meu amigo Gonçalves acreditou nele próprio, acreditou que era possível e venceu com todo o mérito e justiça. 

O jogo atrasou e eu até estava com pressa, mas algo me dizia para aguardar, para assistir e dar o meu pequeno contributo, com minha presença e palavras de incentivo.

Muitas vezes e em muitas situações, só não vencemos porque não  acreditamos no nosso real valor.

Quando foi o ultimo ponto, o ponto da vitória, dei um salto da cadeira, ergui os braços e dei um grito de Yes ".

Reacção espontânea e, que normalmente sé tenho em frente à TV, quando a equipa de futebol pela qual tenho alguma simpatia marca um golo.

Parabéns ao Gonçalves por ter acreditado e não ter desistido.

Obrigado ao Ferreira por me ter dado esta alegria.

Hoje apeteceu-me escrever.

Hoje apeteceu-me partilhar a minha alegria.

Hoje estou feliz.

EsKape


publicado por Eskape às 00:35
link do post | esKape aKi
Quarta-feira, 10 de Maio de 2006

Aselha

 

Boas Pessoal,

Aconteceu-me uma situação que me fez pensar um pouco e já agora gostaria de partilhar convosco.

Como não tinha nada para fazer, e o tempo não ajudava para que pudesse dar uma eskapadela , pus-me à procura da palavra “aselha” no dicionário online.

1º encontrei que “aselha” = “pessoa desajeitada”

2º depois escrevi “pessoa desajeitada”. deu = “desastrado”

3º e já agora escrevi “desastrado” que é = “que redunda em desastre”.

Comecei a pensar ( coisa que consigo fazer com alguma dificuldade ) e cheguei à conclusão do seguinte: Um condutor de um veículo de duas, três, quatro ou mais rodas que vai a ultrapassar desenfreadamente tudo e todos, tem possibilidade de ter um desastre. Logo, é candidato a ASELHA. Mas ainda não o é. É menos do que isso.

Se alguém vai na Rua da Carreira ou numa outra parecida a 80 Km/h ou mais, tem possibilidade de chegar a esse patamar tão almejado que é o ser “ASELHA”.

Se alguém que vai no seu pópó e não liga às motos nem aos outros pópós nem aos peões, provocando desastres a torto e a direito, já chegou a esse patamar “ O ASELHA “.

Quanto maior o desastre, maior o Título. Maior a aselhice.

Então ser ASELHA não são somente as senhoras e senhores que não conseguem estacionar o seu veículo à primeira. Também o é quem, por exemplo, não liga os piscas quando muda repentinamente de direcção provocando um desastre, ( embora talvez os piscas, nalguns automóveis não façam parte do equipamento de série, acho eu ).

Portanto, sempre que se depararem com uma situação destas, não tenham problemas em chamar ASELHA a quem a provocou ou, se for o autor de uma situação dessas, poderá interrogar-se se é um sério candidato ao título de “ASELHA”.

Até à próxima pessoal e cuidado com as aselhices.

Um abraço

 

 

Victor Feiteiras

 

Escrito por um amigo EsKape, ao qual agradeço.


publicado por Eskape às 13:44
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (1)

Europeu Sub-21

 

Campeonato da Europa Sub-21 realiza-se em Portugal de 23 de Maio a 4 de Junho.

Agostinho Oliveira, seleccionador dos Sub-21 portugueses, convocou 23 jogadores para o estágio em Melgaço.

Estágio importante, visto que é o último antes da divulgação da convocatória final para o Europeu da categoria.

Será que é desta que vamos ter uma alegria?

Já estivemos tão perto e quase sempre morremos na praia.

Vamos acreditar, porque temos valor.

Boa sorte Portugal

 

 

 

EsKape


publicado por Eskape às 13:04
link do post | esKape aKi | ver esKapadelas (1)
Segunda-feira, 8 de Maio de 2006

Mais um titulo

 

Mais um titulo de campeão nacional


Está de Parabéns o Club Sport Madeira em Volei feminino.


Com um treinador madeirense, campeão pela segunda vez e a inclusão na equipa de várias atletas madeirenses, algumas ainda juniores, provavelmente contribuiu para que o Pavilhão da Levada estivesse completamente cheio.


Bonito de ver muitas jovens com pouco mais de 9 anos, algumas das quais pertencentes à classe de formação do club, a participar na festa.


É também assim que se cria mística, que se motiva, incentiva, cria-se gosto pela modalidade.
Grande visão dos responsáveis.

 

 

EsKape


publicado por Eskape às 18:48
link do post | esKape aKi
Sexta-feira, 5 de Maio de 2006

Combustíveis

De novo um aumento nos combustíveis.

Gasolina a 1 euro e 40 cêntimos ao litro.

Qualquer dia só de bicicleta.

Até de mota já vai custando.

Será que as petrolíferas estão a ter prejuízos.

Julgo de não. Até bem pelo contrário.

Para quando um maior investimento nas energias renováveis?

Porque perdemos tantos anos e continuamos dependentes das oscilações do preço por barril de petróleo?

É evidente que o problema não está só na falta de investimento nas energias renováveis.

Há que fazer poupança também nas energias.

Em Portugal seguramente desperdiçamos mais de 20 por cento da energia necessária.

Dá que pensar.

 

 

EsKape


publicado por Eskape às 09:19
link do post | esKape aKi

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30



html tracker

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.recentes

. Os Navegadores

. Maritimooooooooooooooooo

. IV Duatlo do Funchal

. Eleições no Madeira Squas...

. Meia maratona de Lisboa

. Motards Eskape com delega...

. Pedalar em Segurança

. Rescaldo da São Silvestre

. LI São Silvestre do Funch...

. Convívios Natalícios

.depósito

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

SAPO Blogs